A Viagem do Tigre – Tiger’s Voyage

É aquela velha história: Um Review para homens que queiram ou não se aventurar em romance e aventura.  Então se for necessário uma visão mais feminina, aqui ainda não é o local ideal.

Perigo, Desolação e Escolhas. A eternidade é tempo demais para esperar pelo verdadeiro amor?

paradoxo20

A Viagem do Tigre – Tiger’s Voyage

Este livro já ganhou um ponto positivo no nome, não houve adaptação. Por que não era necessário assim como no segundo não era. Então vamos por partes.

História

 Kelsey Hayes parte novamente em uma aventura. Enquanto seu amado Ren, aparentemente perdeu as memórias contidas pela sua amada, Kelsey tem que lidar com um tigre branco cruel e frio, enquanto Kishan faz de tudo para ganhar o coração de sua amada. Uma nova missão se aproxima, e o terceiro presente para a Deusa Durga também, e com ele a revelação cruel dos desejos de Lokesh assumem forma e assombram os protagonistas. Envoltos sobre as águas místicas dos oceanos, eles buscam a ajuda dos cinco grande dragões para chegar ao sétimo pagode, lá encontrarão o terceiro presente, mas antes disso Kelsey vai enfrentar o que ela mais teme no mundo.

Análise:

A história é interessante, e o terceiro livro busca fazer o que o primeiro e o segundo não fizeram direito. Não entenda-me mal, mas o primeiro livro foi a introdução ao Tigre Branco, quanto o segundo uma introdução ao Tigre Negro. Ambos deveriam ser um único livro, se fosse uma Trilogia. Já este terceiro livro, é o mais grosso de todos, e tem como objetivo aprofundar os personagens, não deixa-los razos, te fazer odiar a protagonista, e levar a história à um ápice submarino. Ele tem função de te fazer compreender melhor a todos, e a te introduzir em um triângulo amoroso irritante, por parte da protagonista, que inssiste em negar que ela gosta de sofrer, só pode. Mas ela é corajosa, e como o objetivo do livro é aprofundar os personagens, o relacionamento, ele é mais longo e mais calmo em várias partes exatamente para cumprir esta função. De todos é o mais cansativo de se ler, mas é essencial para  a história que tem por vir.

Personagens:

Kelsey – A protagonista. Ela é descrita como bonita por todos os personagens, e é a personagem que se sente feia em todos os sentidos, é meio irritante, mas acontece, muitas mulheres são assim, tente desconsiderar isso.

Kishan – Ele é o ponto de descanso entre os personagens. Ele quem te faz sentir “Puta que pariu ao menos um sem frescura”. Ele é um homem direto, e ponto. Luta pelo que quer.

Dhiren – O Tigre Branco é o personagem que passa por fazes no livro, a de Rejeição e Rejeitado, se torna o Cristo que se crussifica  sempre, e gosta de ter um auto martírio.

Kadam – O personagem história do livro, é ele quem te faz falar ‘que legal essa lenda’.  Ele também serve de alívio pra história.

Publico alvo:

Para quem é o público deste livro:  Meninas, garotas entre 15 e 20 anos que sonham com um amor perfeito. Agora vamos deixar claro, que não é por isso que vamos descartar a lenda muito bem criada, pela autora. A maldição do Tigre, a Deusa Durga e todo o resto valem cada centavo  se desconsiderarmos as cenas de amor e romance, para quem odeia este gênero. Eu fui até o fim, e acabei gostando do desfecho deste terceiro livro.

Desfecho: (spoiler aletr)

Pule esta seção para a próxima se desejar.

O desfecho do livro foi, de fato interessante. Assim como o primeiro e o segundo, o terceiro não termina com pombinhos se abraçando, ele termina mau. E desta vez quem se fodeu foi a protagonista, sequestrada, dopada, e provavelmente futuramente abusada, Kelsey está perdida nas mãos de Lokesh. Kadam desaparece no fim do livro com Nilima, e os tigres perdem a sua donzela de vista.

O Desfecho foi magnífico neste ponto, ele termina com uma pontada de medo, de desespero, como se tudo fosse dar errado. Eu gostei disso.

Observando todo o livro, ele é um livro de aprofundamento de personagens e contexto, eles têm cinco missões até encontrar o terceiro presente à Durga, e cada missão pode levar algum tempo, em alguns casos, capítulos, tornando o livro de fato cheio de conteúdo. Ele tem um rítmo lento, e só não compete com As Cronicas de Gelo e fogo, por que o mesmo é mais lento ainda de se ler. Foi uma leitura que eu deixei de lado, algumas vezes, fui pra outro livro, voltei no tempo livre, por que ela cansou, então é um livro lento.

A história fechou legal aqui, e abre leque pro cenário final, e eu já posso adiantar: Vai ser incrível. Tudo o que os três livros te deram precáriamente, o ultimo vai te dar com êxito, isso eu garanto.

NOTA:

O Livro ganha uma nota 8.

O motivo é simples, ele é um livro cansativo, pra aprofundamento, pra você compreender, e desenvolver a história. Então, é aquele livro mais cansativo, que tá te levando do início incrível para o fim definitivo dos personagens. É um livro bom, é engraçado, mas é lento, é uma leitura calma.

Resenha de o Destino do Tigre será feita em breve, ainda estou digerindo os eventos finais da história. Só posso dizer, que o ultimo livro é o melhor de todos os quatro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s